domingo, 25 de abril de 2010

Por que os animais sofrem?

Nessa semana eu trabalhei em um animal com Insuficiência Renal. Mas não quero, hoje, falar sobre a doença, fisiologia ou tratamento, mas sim sobre a minha percepção. Depois de trabalhar várias horas para manter o animal hidratado e sem sofrimento, eu estava cansada. Não podia mais pensar ou ouvi-lo chorar. Quando um amigo me perguntou:
"- Alice, você acredita em reencarnação?" Eu disse que não, mas que não queria falar sobre religião naquele momento... estava cansada, estressada. Então ele insistiu "Alice, me ouça. Se você não acredita em reencarnação, então a vida desse animal é única. É a única vida que ele teve e terá. Você deve, então, pensar na sua função agora, que é insistir nessa vida, cuidar, tratar e, se possível, curar. Quando não há mais nada o que fazer, peça a Deus, ou a quem você acredite..."
Em seguida ele me enviou um texto que fala da percepção espírita sobre o sofrimento dos animais. Resolvi então transcrevê-lo, pois, se não servir para instrução, que sirva então para consolo.


Se os animais estão isentos da lei de causa e efeito, em suas motivações profundas, já que não têm culpas a expiar, de que maneira se lhes justificar os sacrifícios e aflições? Assunto aparentemente relacionado com injustiça, mas a lógica nos deve orientar os passos na solução do problema. Imperioso interpretar a dor por mais altos padrões de entendimento.
Ninguém sofre, de um modo ou de outro, tão-somente para resgatar o preço de alguma coisa. Sofre-se também angariando os recursos precisos para obtê-la.Assim é que o animal atravessa longas eras de prova a fim de domesticar-se, tanto quanto o homem atravessa outras tantas longas eras para instruir-se.
Que mal terá praticado o aprendiz a fim de submeter-se aos constrangimentos da escola? E acaso conseguirá ele diplomar-se em conhecimento superior se foge às penas edificantes da disciplina? Espírito algum obtém elevação ou cultura por osmose, mas sim através de trabalho paciente e intransferível.O animal igualmente para atingir a auréola da razão deve conhecer benemérita e comprida fieira de experiências que terminarão por integrá-la na posse definitiva do raciocínio.
Compreendamos, desse modo, que o sofrimento é ingrediente inalienável no prato do progresso.Todo ser criado simples e ignorante é compelido a lutar pela conquista da razão, e atingindo a razão, entre os homens, é compelido igualmente a lutar a fim de burilar-se devidamente.
O animal se esforça para obter as próprias percepções e estabelecê-las.O homem se esforça avançando da inteligência para a sublimação.
Certifiquemo-nos, porém, de que toda criatura caminha para o reino da angelitude, e que, investindo-se na posição de espírito sublime, não mais conhece a dor, porquanto o amor ser-lhe-á sol no coração dissipando todas as sombras da vida ao toque de sua própria luz.


Texto transcrito do artigo: http://www.partidaechegada.com/2008/09/animais-em-sofrimento.html

7 comentários:

Rita Lima disse...

Alice Parabéns 2x , pelo blog e pela profissão, na minha opinião a mais linda das profissões...
bjussss e lambidinhas do encrenquinhas da mamae

Simone Salgados disse...

assim ... ce me mata.

ainda bem q não existe a morte.

bjs e força , fé e paz.

Roxa Pimenta disse...

Oiiiiiiii! Adorei aki!!
Tinha um sonho em seu veterinaria, amo animais..
mais, como nao tive condiçoes..
acabei virando nutricionista! rsrs
Eu moro em Ilheus, e to procurando um fihotinho de Lhasa ou Shihtzu pra adotar! Comprar! Se souber me avisa.
Meu blog é http://roxapimenta.blogspot.com

Carina disse...

Lindo texto transcrito. Parabéns pelo blog! Sou mais uma seguidora.

PUPPY&CO. - THE PET STORE disse...

Adorei seu post... Parabéns

Larissa disse...

Adoraria crer...mas estou vendo um filhote morrer com cinomose.

Márcio disse...

Ótimo artigo, sem nos instruirmos se torna angustiante a vida num planeta de provas e expiações. Mesmo porque, esta noção da dor, do sofrimento reparador cabe perfeitamente nas nossas vidas como seres racionais ..." Se fosseis cegos, não teríeis pecado, mas como vedes o pecado permanece" - Jesus. Que Deus nos fortaleça na nossa fé para que possamos através da sublimidade dos sentimentos compreender os seus Sagrados Desígnios.