quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Old fashioned




No último post eu falei sobre o TWITTER, como ele poderia ser uma boa ferramenta para acompanhar as notícias de uma veterinária quase semi pré baiana que gosta de "blogar"... esquece... eu gosto é de blogar. O Twitter me limita as palavras, e assim também o pensamento. É prático e rápido, pode ser muito útil, mas não para mim. Eu gosto de escrever, debater, elaborar a idéia e ir até o fundo.


O TWITTER pergunta:


O que você está fazendo agora?


"estou atendendo um caso super interessante de um cachorro que passou duas semanas na Lua e.." PIIIIIIIIIIIIIIIIIII acabaram as letras, os caracteres, você não pode escrever mais... mas


O que você está fazendo agora?


"bom como eu ia dizendo, o cachorro né, foi pra lua em uma expedição da NASA e acabou passando quinze di.." PIIIIIIIII, acabaram as letras de novo


Como assim? eu tenho letras no teclado, mas não posso digitar... um caso tão legal que...


O que você está fazendo agora?


"Agora??? agora estou tentando contar o caso do cachorro que eu não atendi agora, mas há 15 minutos e você não me deixa escre..." PIIIIIIIIIIIIII... ZERO caracteres...




Volta para o seu blog, Alice, porque você é blogueira. Deixa o TWITTER para mensagens rápidas. Esse nunca foi seu objetivo mesmo...


O twitter tá lá... e eu vou ficar é aqui mesmo


mas




O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO AGORA?

Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.

• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

3 comentários:

Aline disse...

É verdade! Volta para cá que estou sentindo falta de suas histórias!!
Bjoss

Carlos Guilherme disse...

Haha
Senti a frustração.

Carina disse...

Eu também "falo" demais... Deve ser típico feminino. Escrever demais vem do querer se fazer entender nos mínimos detalhes. Mas, esquenta, não... Eu adoro ler textos ricos, enormes e divertidos como os teus.