sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Bridgit & Eu



Ontem eu assisti Marley e Eu no cinema. Acreditem, só chegou ontem no cinema aqui no interior da Bahia, e nem foi na minha cidade, foi na vizinha. Eu já sabia que eu ia chorar, mas assisti do mesmo jeito. O filme conta uma história linda do relacionamento de uma família inteira com um cachorro. No final é claro que eu chorei muito, ainda saí do cinema com raiva da veterinária do Marley, de mim que fui assisti já sabendo que eu ia chorar, da sensação triste que a perda de um cachorro traz.
De fato, perder um parente é muito ruim, um amigo, um amor, mas perder um cachorro é bem diferente de perder uma pessoa. Não é pior ou mais brando, é diferente. É um sentimento de vazio que a gente não imagina que vai sentir com a perda do animal, do companheiro.
Todas as cenas do filme são especiais, ele mostra com fidelidade o que é ter um labrador, e a participação do cão na vida da família toda. O final do filme é esperado, e tanto o dono, narrador, como a família conseguem exprimir exatamente o que costumamos sentir na mesma situação.
Claro que eu pensei na Bridgit, minha fox paulisitinha, cheguei em casa e abracei muiro minha bichinha. Hoje eu resolvi filmar uma parte do nosso café da manhã..
E, aproveitando que o Beto trabalhou hoje o dia todo e não lê o meu blog e hoje de tarde ela dormiu comigo na cama :)
Esse filme me acrescentou um pouco de sentimento no tratar dos animais que passam na minha mão, não posso me apegar, de fato, mas posso entender o sentimento do dono, que depois de um tempo, nós, veterinários, costumamos esquecer...

Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.

• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

8 comentários:

Nancy disse...

morando numa casa c essa vista vc quer mais o q da vida???? :P

Fê Lesnau disse...

afff, amei sua casa! hahaha! Lindas suas cachorras! A Brigit se daria bem no agility :)

Alice no País das Maravilhas disse...

Ahhhhh
nem me fale uma coisa dessas
eu fico aqui toda orgulhosa igual mãe....
vou perguntar se ela quer ter umas aulas
ahahaha

Tacila disse...

Oiê!
Vc lembra daquelas folhas q deixou p eu ler uma vez, contando a história de uma cadela e sua dona?
Eu chorava tanto, e depois daquele dia eu e o Wagner arrastamos a cama do Thoby p o nosso quarto!!!
Saudadesssssssss de vcs!!!!
Bjão!

Aline Vachelli disse...

Ai que fofinhos!!!
Não conheço cachorro que não goste de uma bolinha!!! "Bolinha" e "passear"...hahahaha

Cláudia Paternostro disse...

O melhor de tudo,foi: "Dalila, cala a boca; pôrra!!" KKKKKKKK
Ái que saudade desses momentos...inclusive dos "gritinhos de Dalila"!

Heneile disse...

Achei muito lindo, sua Poodle cheia de manha e a incansável Dalila. Fiz um vídeo do Bee Bill, vc já viu , tah no youtube...
http://www.youtube.com/watch?v=BRHubxuRE28
bjs

Alexandre e disse...

Oii ALICE! eh o m4ndark!
UAHAUHUAHU , que liiinda sua Paulistinha.

'Cala boca porra' OIAJEAUEHAIUEAUA
Beeijo :*