sábado, 9 de janeiro de 2010

... e chega o 'chumbinho'


Pouco depois de me despedir do gatinho enfaixado eu pensava: Alice, que sábado foi esse? Hoje você atendeu foi bicho, fez exame, foi pra casa, já dormiu, já atendeu mais bicho, agora você merece descansar. Chegou minha janta, um delicioso temaki de salmão.

Depois da cirurgia eu passei a comer muita comida japonesa, os "crus" descem super bem.

No meio do meu temaki me chegam três guris, um pai e um cachorro.

Vocês tão abertos?

Estamos né, atendi um animal agora e já estava indo embora, é emergência?

Sim, doutora, ela comeu veneno de rato.

A cadela estava bem para quem havia se intoxicado com carbamato. Me lembrou uma vez que eu ainda trabalhava no antigo consultório e de repente, no meio de uma tarde de sábado um carro bate no meio fio da clínica, que era bem alto: PLAFTTTT

Quando eu vou ver é um cachorro intoxicado com 'chumbinho', o cachorro mal engoliu o veneno e o dono socou o cachorro no carro e quase morre num acidente.. o cachorro saiu balançando o rabo todo feliz,... em 10 minutos já apresentava os sintomas.

Foi assim com a cadela desse dia dois. Ela estava até bem, mas já apresentava fezes mucóides (decorrentes do aumento do peristaltismo causado pelo carbamato).

Enquanto eu preparava os medicamentos e já aplicava o antídoto, ela começava a apresentar os tremores musculares, também decorrentes do envenenamento.

Então só foi festa, fiz uma ficha rápida, mediquei o animal, liberei o dono e fui trabalhar. Eu gosto de trabalhar de noite, sozinha na clínica, parece que eu ligo o som bem alto em uma música clássica e vou fazer minha "arte", com exceção que não havia som, ou música clássica e a arte dessa noite foi uma lavagem gástrica.

Anestesiei a cadela, passei a sonda, tirei tudinhoooo, lavei com solução fisiológica, ficou uma beleza. Tudo deu super certo, quando a gente segue o protocolo as coisas funcionam perfeitamente. Às vezes uma ou outra coisa dá errada, mas é aprendizado para a próxima.

Então enchi a bichinha com carvão ativado. Depois, com toda paciência que minutos antes me faltava e nessa hora me transbordava, eu fiz um enema e em seguida "stuffed" mais ainda com carvão ativado.

Ela foi saindo bem da anestesia, ficou no soro com vitamina B12, C, Ornitina e glicose, tudo na dose correta e ideal para alimentar o fígado da cadela. Ah, nem disse, uma terrier brasileiro, fofíssima como a Bridgit.

Pela manhã ela estava bem, já tinha bebido água e foi novinha para casa.

Mas, nem tudo são flores no atendimento de intoxicação por carbamato.

Tudo vai depender da quantidade de veneno ingerido, do tempo decorrente, do que o proprietário fez em casa, como por exemplo, dar leite. Não se deve dar leite quando um animal está intoxicado por carbamato. Deve-se induzir o vômito, ou com água oxigenada 10 vol (aquela de curativo) via oral, ou água hipersaturada com sal, também via oral. Isso vai induzir o vômito, deve-se ter cuidado para o animal não aspirar o vômito, portanto se ele não estiver devidamente consciente, não se deve tentar nada. Tudo isso deve ser feito para ganhar tempo de se chegar ao veterinário.

Lembrando: NÃO DEVE DAR LEITE AO ANIMAL INTOXICADO COM "CHUMBINHO"

No consultório, colega veterinário, não sede o animal até que ele esteja estável. Eu já atendi um animal intoxicado por carbamato na residência do animal e, ao sedar, ele apresentou edema pulmonar. Isto é, o envenenamento em si pode causar o edema, deve-se fazer o diurético de forma preventiva e corretiva ao edema pulmonar visando a estabilização. Nesse caso eu estava sem diurético e o animal só conseguia respirar com a cabeça levantada. Como eu já havia induzido a sedação eu pedi um ventilador e segurei a cabeça do cachorro em direção ao ventilador até que ele saiu da sedação, quando eu pude continuar com o atendimento.

Outra dica, colega, não administre o carvão ativado em um animal que não está estável. Já presenciei, durante um estágio, o animal acabar aspirando o carvão ativado, entrando em agonia respiratória e óbito em seguida. Nesse caso o animal não estabilizava e foi feito o carvão sem sedá-lo com receio da sedação, isso é errado. O carvão vai ajudá-lo a não absorver o veneno ainda não absorvido, porém não é mais essencial para a sobrevivência do que a própria estabilização.

E, por último, colega veterinário. Nunca, em hipótese alguma, por menor que tenha sido a quantidade de veneno ou por mais sucesso que tenha havido no atendimento, não libere o animal para casa. Passe a noite com ele, acorde de hora em hora, por mais trabalhoso que seja, cobre por isso. A última intoxicação que eu peguei antes dessa tinha acontecido um dia antes do atendimento. O animal foi intoxicado, foi atendido por um colega que, em menos de 2 horas, liberou o animal para casa. Foi daqueles atendimentos rápidos, eficientes e com sucesso. O animal foi para casa sem sintomas. Passou a noite. No outro dia o animal não se levantava, ficava como se fosse uma foca, patinando, e com vocalização. Foi quando eu fui procurada. Não sei se foi por não ter tido soroterapia/antídoto/vitaminas/cuidado suficiente ou por ter sido absorvida outra parte do veneno que não havia sido digerida na ocasião do atendimento, mas o animal teve uma piora durante a noite e veio a óbito comigo. A única coisa que eu fiz nesse segundo atendimento foi entrar com soroterapia, terapia de suporte, até fiz o antídoto mas nenhum dos sintomas clássicos (salivação, fezes mucóides, fasciculação muscular, edema pulmonar) o animal apresentava mais , somente incoordenação, vocalização, opistótono e nistagmo, todas as alterações neurológicas que você não quer ver em uma intoxicação.

No final das contas você pode enviar o animal para casa com: vitamina B12, carvão ativado e ração para hepatopatas por alguns dias.

Espero ter conseguido passar minha experiência para vocês.

Sejam seguidores do blog (quero fechar 2010 com 2000 Seguidores, você me ajuda?). Bom final de semana a todos.

Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.

• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

27 comentários:

Allure disse...

Atendemos muuitos cães com intoxicação por "chumbinho" aqui em itaquá Alice, e resumidamente o protocolo de tratamento é o mesmo, mas raramente fazemos lavagem , pois a grande maioria já chega aqui depois de muito vômito.
Sobre os sintomas que citou no day after do cão que entrou em óbito, vejo muita semelhança em alguns que apresentam severa queda de K, decorrente de extremas fasciculações musculares, um dos sintomas clássicos...
Pior que um cão intoxicado com chumbinho, só um gato...eles são muito mais dificeid de corresponder ao tratamento, e as chances de óbito maiores...
Ah, uma vez atendemos um galo nesta condição, minto, uma não, duas vezes, pois o bichinho ficou bom, e foi lá e comeu de novo, rsrsrs...

Alice no País das Maravilhas disse...

Pois eh, o primeiro caso de intoxicação por carbamato que eu perdi foi de uma gata. Ela teve fasciculações durante mais 30 minutos depois do óbito, foi tenso. O proprietário perguntava: tem certeza que ela morreu, Dra, tem certeza?
Quanto à queda servera de K, mesmo com reposição você consegue salvar quantos %?
Obrigada por dividir sua experiência.

Allure disse...

Olha Alice, pra ser sincera, parece que hoje em dia até o chumbinho é falsificado (Thank's god), porque os óbitos em caso de cães costumam se acontecer, geralmente no inicio do atendimento, quando o proprietário não consegue chegar a tempo,ou o cão ingeriu uma quantidade bem grande e eles na real já chegam na mesa em óbito.
É raro perder um cão por isntoxicação se socorrido a tempo, nos casos de sequelas do day after, fluido, reposição de eletrólitos e paciência, dá certo..
Agora tem também os casos em que além do carbamato, tem mais alguma coisa misturada, tipo a época do tal do " mão branca"...aí nestes casos nem reza braba costuma funcionar.
Abraços.

força aérea disse...

Olha eu não sou veterinário mas tive meu cão intoxicado por chumbinho. A pessoa colocou em um hamburguer e jogou no meu quintal. Éra por volta das 7 horas da manhã escutei uns latidos como se estivesse apanhando, fui ver o que estava acontecendo e ele estava vomitando e tremendo muito, urinando e defecando além de estar salivando muito. Percebi que foi veneno. Na hora só pensei no chumbinho. Entrei na net e pesquisei por um antídoto, encontrei sulfato de atropina. Corri em uma loja veterinária que por sinal não tinha nenhum veterinário disponivel. Então eu mesmo resolvi aplicar, apliquei subcutanea 10ml e tambem administrei 10ml de toxolin e dei muita agua para ele, que voltava vomitar eu dava agua vovamente. Conclusão meu cachorro está vivo.

Thaisinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thaisinha disse...

Minha amiga teve seu cachorrinho intoxicado por chumbinho ontem a noite e vim fazer uma pesquisa pra ver os sintomas e o que fazer quando isso acontece, afinal tenho uma poddle e nunca se sabe!
Vou prestar vestibular pra veterinária esse ano, sou apaixonada por bichos. E você esá de parabéns pelo blog :)

blogger disse...

perdi meu gato foi envenenado por chumbinh,nao me conformo!ate quando essas pessoas desalmadas vao continuar com isso?e muito triste perder aguem que amamos eu o amava!

blogger disse...

perdi meu gato por envenenamento causado por chumbinho e muito trste.ate quando isso vai continuar?ate quando essas pessoas desalmadas vao continuar fasendo isso?nao me conformo!!

Thais Telles disse...

Ate Domingo dia 29/01/2012 eu tinha 12 (doze gatos) Perdi 3 (Tres) com chumbinho, acho, pois eles começaram a babar, respiração ofegante e em menos de 10(dez) minhutos estavam mortos. apliquei antitoxico SM injetavel, intramuscular, mesma coisa que nada, tentei dar o Mercepton Gotas com auxilio de uma seringa, mas ele não engolia pois voltava com a baba. Oque fazer pois hoje 04/02/2012 perdi mais dois gatos e agora fiquei com 4 filhotes de 4 meses e estou com medo de perde-los tambem.
O que faço para salva-los.não sei quem é esse desalmado. Me ajudem.

GirlWeb disse...

Oi Thais, realmente esse mundo está cheio de perigos para nossos bichanos, desde pessoas desalmadas, até cães agressivos, carros em alta velocidade, fios de alta tensão, isso sem falar nos produtos químicos que temos dentro da nossa própria casa, como muitos dos de limpeza e inseticidas, todas essas coisas oferecem riscos a essas inoscentes e curiosas criaturinhas. Eu sei que ainda tem muita gente (incluindo meu namorado, e que já está começando a mudar de idéia) que acredita no mito da liberdade dos gatos, mas infelizmente hoje se voce quer ter seu gatinho lindo e saudável, sempre ao seu lado, só tem um jeito, castrá-lo e mantê-lo só dentro de casa, no máximo deixar dar umas voltinhas super supervisionadas no seu próprio terreno/quintal durante a luz do dia, a noite, feche a casa e coloque os gatos para dentro. Aproveite Thais para ensinar seus filhotes que sobraram desde agora a ficarem presos, eles acostumam, as minhas só dormem dentro de casa conosco. Boa sorte daqui para frente e sinto muito pelo que aconteceu com seus gatinhos, mas se tiver como provar quem foi o mau caráter, tiver testemunhas e etc, não exite em denunciar a Delegacia do Meio Ambiente da sua região. Ass: Bianca

Anna Luiza disse...

Apenas de agua oxigenada volume 10.é salve seu bichinho...Já deu pro meu cachorro e ele se recuperou,e minha vizinha tbm inclusive deu hj e ele vomitou o veneno,pois a agua oxigenada vira uma pasta e não deixa se misturar..vale a pena....pesquisem e comprove o que eu falo...

Angel disse...

Olá, alice sou veterinaria e aqui na minha cidade tbém tem muitos casos assim, só que a maioria é de gatos.

E um caso que me chamou muita a atenção foi de uma moça, que viajou 5 horas com o gato envenenado atrás de um vet. na região, como era de noite nenhum vet. quis atender, até que ela chegou a mim...

O gato estava com muita convulsão, Ela disse que tinha ministrado carvão ativado e atroveran mas ele não vomitou só babava.
Fiz todos os procedimentos necessarios e o coloquei no soro, no outro dia ele parecia, mas melhor mas ainda tinha muitas convulsões. Mas há tarde ele deu uma melhorada. Mas na manhã seguinte ele amanheceu mais pior, apesar das convulsões terem parados já faz dois dias que ele está comigo, tenho muito interesse em salva-lo, mas não sei como vai estar amanhã, vc já pegou um gato nesse estado? Consegui salva-lo.

Webster disse...

Ola tenho uma cadelinha ela tem dois meses,ela é muito bagunceira e estrovertida mas há uns tres dias ela esta temendo e não tem mais forças para sustentar o seu corpo so as patas da frente,sera que isso pode ser falta de calcio por gentileza o que eu faço, a raça dela e blue hiller mas conhecido como boiadeiro australiano,me ajudem,obrigada

ingrid chirle disse...

me ajude oq eu faço,adotei minha cachorrinha na cobasi sp ,ela veio castrada vermifugada e com todas as vacinas ,mais depois de um mes que adotei percebi q nas fezes dela contia sangue junto com as fezes tia uma cisa gelatinosa escura e com samgue,nao sei se foi porq uns dias antes disso acontecer ela roeu a porta e as feses dela contia os fiapos de madeira da porta,ou tbm achei q podia ser que troquei a raçao ou o desinfetate que lavo o quintal por ter um cheiro muito forte de eucalipto ou uma melancia que ela comeu com casca e tudo e enseguida vomitou e teve diarreia ou tbm pode ser que ela comeu alguma planta que a fez mal pois ela adora comer qualquer planta que ela ver,nao sei oq é nporq a mesma se encontra super normal come bem pula late corre mais tem esse proble devez em quando tem dias que as fezes dela fica a mesma norma coco durinho tudo normal ai passa uns doi dias ai fica um dia inteiro assim com sangue nas fezes depois vouta o normal de novo ,ha e um dos olhos dela esta vermelho que remedio posso dar a ela ?

Gabriel Silva junior disse...

meu cachorro(labrador) tb comeu chumbinho, chegou ao veterinário em 25 minutos, ficou 72 hs em observação e foi liberado, começou a beber agua e comer sozinho porque a principio não levantava, agora já esta ficando algum tempo em pé mais a cabeça dele só fica para baixo, será que issi é reversível ou é uma sequela?

Marcus disse...

o meu gato morreu à madrugada deste domingo, 02-09-2013. ele chegou salivando, tendo espasmos, sintomas de chumbinho. dei 2 ml de mercepton mais carvão aditivado. só que a porcaria do carvão estava vencido em 2011, imagine. saí correndo para comprar outro, isso às 3h. na clínica são lázaro o veterinário não quis me vender, fazendo eu perder tempo. depois que comecei a chorar ele me vendeu o extremax. mas já era tarde demais. eu deveria ter levado Dudu ao veterinário o mais rápido possível. só que a casinha dele é muito grande e não acomodava na bike. não via nenhum táxi. daqui que eu chamasse um seria pior. ouvi dizer que o correto é dar um ml de atropil mais o carvão. depois levar ao veterinário o mais rápido possível. eu iria comprar o kit de socorro contra chumbinho. deixei para lá. quem vai querer imaginar um acontecimento desse com o bicho de estimação? perdi, perdi meu gato. estou arrasado e me sentindo culpado. eu deveria ter feito um esforço para empurrar o meu gato na cestinha da bike. pior que essas coisas só acontecem durante a madrugada, que é quando os gatos costumam sair para caçar e cruzar. tenho ainda, com sorte, mais três: Elza, Magali e Many (Ninão). Dudu nunca mais vai voltar. O que eu faço? Eu vou entrar em depressão de novo.

Italo Dias disse...

boa noite...

Tenho uma vira-lata filhote e de porte bem pequeno achei ela na rua na sexta pensando que ela tinha cido atropelada e nao levei no vet, percebe q era envenenamento no sabado quando vi bolinhas pretas no vomito dela, comprei um antitoxico e estou dando ela isso ja faz 5 dias e ela ainda esta com os olhos vermelhos sem coodernação .... o q eu faço

Juliana disse...

Minha yorkshire comeu uma pequena quantidade de chumbinho, na mesma hora dei leite a ela, ate entao ela estava normal. Depois de uns 15 minutos ela começou a vomitar, e eu fui dando mais leite e clara de ovo na seringa, ela vomitava e eu dava de novo. Apos um tempo assim, ela parou de vomitar e eu dei um banho dela. Dei 1 comprimido amassado de buscopam composto para ela, para diminuir a dor. ate agora ela esta reagindo, amanha bem cedo vou levar ela no veterinario, pos aqui essa hora nao tem nenhum disponivel. É muito triste isso, fiquei muito desesperada.

Gina disse...

Perdi meu gato ontem à noite, uma das possibilidades é que tenha sido envenenado, pois não tinha marcas pelo corpo, mas sangue na boca. Estou arrasada, não tinha mais o que faze, pois eu o encontrei já sem vida. O que podemos ter em casa para primeiros socorros quando ainda há tempo?

Marlene Koch disse...

Li todo o artigo da doutora, todos.. todos os comentários. Estou procurando se foi o Dr Marcel Benedeti que disse que Atroveran salva animal envenenado por chumbinho ou... se alguém colocou o nome dele num SPAM.

Juliana Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Igo Rasch disse...

você deveria voltar a relatar! sério, muito bom

Juliana Barbosa disse...

Depois que minha cadela morreu fiquei desanimada! Mas desejo sorte à todos. E q sigam as orientações dos doutores. Hoje me vi intrigada com algo desumano, colocaram quatro cachorros presos em uma corda em um galpão proximo minha casa e eles choram dia e noite. Sem comida, agua, la nao fica ninguém. Dizem q o dono vai la uma vez por semana. Onde devo denunciar? ?? A Policia nao resolve, zoonoses tbm não, alguém pode ajudar me informando um número? ?? Eles choram de sede e fome.Não tem como entrar lá. Só os donos.

Daniel Fraga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Fraga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Fraga disse...

Meu cão ingeriu chumbinho segunda de manha. Fez todos os procedimentos e Ficou internado no soro. Agr ele ta em casa, o problema é q ele não come, nem bebe água, o fígado dele esta muito ruim. Não tem como eu leva-lo ao veterinário pq não tenho mais dinheiro o que faço? Ele ta tomando antinflamatório e suplemento com B12