sábado, 7 de março de 2009

Posse Responsável - II


Eu não peço para nenhum cliente colocar roupa e sapato no animal, ou deixar dormir na cama, dar mil petiscos para sua felicidade, isso não é posse responsável.
Adotar um animal deveria ter os mesmos protocolos para adoção de uma criança. Que fosse pelo menos a orientação do novo proprietário e alguma agência que credenciasse fiscais e autorizasse as famílias a criar os animais. Alguma agência para a qual pudéssemos fazer denúncias de maus tratos.
Esse é o meu trabalho social prestado a todos os clientes, ensinar o que é Posse Responsável, perder meu tempo na consulta para mostrar o quão absurdo é soltar o cachorro na rua sozinho para ele fazer a necessidades e aguardar que ele volte.
- A culpa não é do vizinho se o seu cachorro saiu e comeu o veneno para rato que o vizinho colocou na varanda, a culpa é sua, que não acordou mais cedo para passear com seu cachorro, na coleira. Esse tipo de coisa deve estar bem clara para o cliente, para a família e para o veterinário que agora vai acompanhar aquele animal para o resto da vida.
Sou a favor da adoção de animais de rua em centros de controle de zoonoses ou ONGs, sou a favor da castração precoce de cães e gatos, machos e fêmeas, sou a favor da Posse Responsável. Recomendo o grupo ARCA BRASIL, onde há várias informações sobre posse responsável, adoção, castrações, dentre outras coisas.
Vamos praticar a posse responsável, você sabe o que sobre isso??

Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.

• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

4 comentários:

Claudia Estanislau disse...

excelente artigo, quem dera que mais veterinários pesassem como você. Os veterinários têm muita influência na forma como as pessoas lidam com os seus animais, mas muitos também não sabem muito bem como passar essa mensagem aos seus clientes. Obrigada

jhsdkahdik disse...

O pessoal aqui de casa deixa os gatinhos dormirem na cama, até os levam as vezes. Eu pessoalmente não ligo enquanto não atrapalham meu sono, tipo quando eles estão ajitados e ficam se mexendo pra lá e pra cá. Se me atrapalhar a dormir eu ponho pra fora do quarto.

Aline Vachelli disse...

Acho que a posse responsável é principalmente a atenção às necessidades do animalzinho: Amor, carinho, alimentação, passeio e saúde...
Não apenas um brinquedinho para distração nas horas vagas...

Bjos... Sinto falta de posts todos os dias!!!rsrs....

Allure disse...

Entendo o que diz...e normalmente os clientes se espantam quando dizemos para ele: Dona Fulana, o Tigre tem est cheiro, porque ele È um cachorro...

Dificil evitar a descaracterização dos pobrezinhos não é?