terça-feira, 10 de março de 2009

Recebo, cuido e devolvo


Nesse sábado, dia 7, nós atendemos um animal que veio de uma cidade do interior da Bahia, chamada Vitória da Conquista. É muito gratificante saber que os proprietários de tão longe e até veterinários, confiam na gente. É a segunda vez que recebemos um paciente dessa cidade. A primeira vez foi uma bulldog gestante, para ultrassonografia, e dessa vez foi um bulldog de 10 meses com uma condição chamada prolapso de uretra. Ele veio em busca de socorro cirúrgico que pudemos prestar. O procedimento consistiu na excisão do prolapso e a plastia da porção final da uretra. Tudo correu bem, o cão foi liberado no outro dia para sua cidade, porém durante o pós operatório, já na residência, o animal não ficou sondado e acabou necessitando uma nova intervenção pois houve estenose da uretra.
Na faculdade a gente aprendeu várias coisas, tratar dos pacientes, lidar com internamento, mas eu não aprendi como tratar de uma coisa tão gostosa e ter que devolver para o dono depois.
Não dá vontade nenhuma...
Quando eu era criança e as cadelas pariam lá em casa, mamãe falava que eu tinha direito a um filhote, e com o dinheiro da venda eu podia fazer o que quisesse. Então, eu nunca pedi para ficar com cachorrinho nenhum, queria mais era vender.
Alguns pacientes são tão gostosos, tão adoráveis e fofos, que é difícil devolver.
Esse paciente da foto é o Oberon, um filhote de shar pei que parou nas minhas mãos... apertei tanto. Ele foi fazer uma cirurgia de correção de entrópio, que é uma inversão de toda ou parte da pálpebra e a depender do grau e severidade pode haver lesões na córnea. Ele foi levado para uma instituição para realização da cirurgia plástica para correção dessa condição, porém teve uma complicação anestésica e, como não internavam por lá, acabou nas minhas mãos. Recuperou-se bem.
O paciente do vídeo é o Romeu da cirurgia, na varanda da minha casa, no dia seguinte. Ele foi embora bem, espero que volte para me visitar.

Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.

• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

3 comentários:

Claudia Estanislau disse...

é tão gratificante ver uma veterinária tão apaixonada pelos animais como você, que pena que não mora aqui pertinho de mim :D

Dilce disse...

Ele é muito gostoso mesmo. Parece um porco do tanto que ronca...rss
E o tamanho da boca.... de baleia.
bj

MANU disse...

nossa...morri de rir vc gritando "eu quero um desse Beto, vou devolver nõa..vou dizer..."