terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Insuficiência Hepática Crônica


O desafio do carnaval é um paciente que está sendo tratado para insuficiência hepática. Não tenho o histórico dele antes da apresentação mas o relato do proprietário foi um banho com um shampoo à base de cipermetrina e no outro dia o animal já apresentou a ascite (coleção de líquido no abdômen).

Shampoos à base de permetrina são utilizados no tratamento para infestação por ectoparasitas como pulgas e carrapatos e geralmente não causam intoxicação, em um animal competente, mas devem ser evitados em filhotes com até 8 semanas de vida e animais que possam apresentar dificuldade para metabolização de drogas, no caso, um animal com alguma afecção no fígado, o hepatopata. É importante ler a bula do shampoo antes de usar, se não há a observação "pode-se usar em filhotes a partir de TAL idade" ou "pode ser usado com segurança em filhotes" não use. Lance mão de um ectoparasiticida seguro: recomendo para filhotes a partir do segundo dia de vida o Frontline spray ou para filhotes a partir de 8 semanas tem outra opção, o Promeris.

Enfim, esse cão que eu estou tratando, o Bob, provavelmente apresentava alguma condição de hepatopatia e foi agudizada com o banho, isto é, ele não era competente fisicamente para metabolização dos agentes aos quais ele foi exposto OU o histórico está errado e ele foi submetido a uma dose muito maior do que a dita pelo proprietário, como por exemplo além do banho ainda passou por um banho de imersão a base de cipermetrina ou outro ectoparasiticida.

De qualquer forma nesses casos é importante avaliar corretamente o animal:
Trata-se de um dobermann de 12 anos portanto a ascite pode ser causada por diversas condições e eu vou selecionar as principais no meu diferencial:

Neoplasia, cardiomiopatia e/ou hepatopatia.
Na ultrassonografia ele apresentou ascite e aumento difuso do fígado, sem congestão, e não foram visualizadas massas ou nódulos nos órgãos abdominais.
No hemograma ele apresentou leucocitose (aumento das células de defesa).
Na suspeita de hepatite aguda foram selecionados quatro exames que avaliam a integridade e função hepática (ALT, GGT, AST e proteínas totais) e todos eles apresentavam alterações.
Não tiveram alterações nos exames que avaliaram a função renal.

Ele foi tratado por 2 semanas, quando voltou com vômito, perda de massa muscular, movimentos incoordenados.
É importante fazer uma lista de diferenciais cuidar para eliminá-los com cuidado.
Ainda não eliminei a cardiopatia pois não foi feito o RX e o animal apresenta outros sintomas como pulso fraco e arritmia, mas pode ser mascarado pela desidratação, mas como ele não apresentou congestão, vou aguardar o resultado do ECG. A neoplasia foi eliminada pois não foram visualizadas alterações compatíveis na ultra. Me restou a insuficiência hepática crônica agudizada.
Os movimentos incoordenados são causados pela encefalopatia hepática. Vários fatores têm sido implicados na fisiopatologia da encefalopatia hepática. A maioria deles está relacionada a um acúmulo de substâncias que são absorvidas no intestino e não foram apropriadamente metabolizadas pelo fígado, incluindo amônia.

No tratamento dessa condição é importante:
  • Manter a hidratação com solução sem lactato e glicosada
  • Diminuir a flora bacteriana para diminuir a produção de amônia pelas bactérias (enema, medicamento laxativo)
  • Manter a alimentação, restrição protéica.
  • Parascentese para retirada do líquido abdominal- ascite - quando há desconforto respiratório.
  • O uso de vitaminas do complexo B é discutível
  • Antibioticoterapia

Recomendo a leitura (em inglês - extraídas do site: http://www.ivis.org/)

Canine Liver Disease

Chronic Liver Diseases in dogs

How I treat chronic hepatic disorders in dogs



A reprodução do assunto postado, parcial ou total, é proibida sem a autorização do autor, e quando autorizada deve constar dos devidos créditos e link.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.

7 comentários:

Aline disse...

Oi Alice!
Obrigada pela dica do site. Fui atrás do blog que andou plagiando postagens minhas e de outras blogueiras, mas ele saiu do ar. Menos mal!!
Beijos

Raíssa N. disse...

Nossa seu blog é muito interessante. Já estou seguindo. É muito bom poder ler coisas assim, já que vou entrar na faculdade de veterinária agora.
Obrigada pela visita no meu blog.

George disse...

Olha só vc...... Estava procurando sobre encefalopatia hepática e olha quem me aparece............
Bj Renata

Misterios Revelados disse...

Ola veterinária
Minha cachorra ela tem essa doença
Ela tem 6 anos de idade
Raça : Vira lata
Ela apresenta respiração ofegante
As vezes ela cai no chão e fica la por alguns minutos até ela nao ter mais dor
Ela pode receber algum medicamento
PS: Ela ja se curou da sinomose na faze avançada
Obrigado e até .

thexcraftergamer r disse...

meu cachorro teve isso e faleceu com 10 meses de idade choro até hje, ele faleceu no dia 5 de junho, por que o veterinário fez o diagnóstico errado

Adri disse...

Meu cachorro teve isso, e o veterianario ficou um mes dando soro, glicose e no final dando corticoide. Quando levei a outro veterinario ja tinha atingido o cérebro e ele estava depressivo e e ja meio desgovernado. Não aguentava mais a situação e sem dinheiro não tive a ajuda de ninguem, pois o ultimo que levei era muito caro e deu 20 % de chance e me perguntou se eu tinha pensado em eutanásia. Não sei se é por saber que eu não tinha condições de tratar mais tempo ou se realmente pela sua experiência achou melhor que eu chegasse a essa decisão. E como eu tinha pedido a Deus uma luz e que se ele falasse em eutanásia iria entender que era o melhor. Mas agora vendo sobre a doença sinto uma tristeza em saber que se tivesse tentado mais um pouco ele estaria vivo.
Mas tudo é tão confuso e quando vc se sente sozinha é tão difícil tomar decisões. Não sei se me precipitei ou Deus me guiou pra chegar a isso. Que tristeza. Faz 3 dias e não consigo parar de pensar nisso...

Anderson Caetano Reis disse...

Olá boa tarde!
Tenho uma cachorra vira-lata de menos de um ano. Acho que o problema dela é o mesmo.

Eu dei banho nela com um remédio pra carrapatos (Amitraz). No outro dia ela começou a ter ataques convulsivos que duravam em torno de 1 min. e espumava pela boca. Ela anda compulsivamente em círculos. Levei no veterinário, ele suspeitou de doença do carrapato mas não descartou a Encefalopatia hepática (segundo ele, ela não está intoxicada). Com o tratamento à base de Gardenal, os ataques convulsivos acabaram. O tratamento dela está sendo complementado com Doxiciclina e Cotineurin 5000.

Mas ela ainda anda em circulos e quando acha um obstáculo ou canto, fica parada com a cabeça para baixo, fica cambaleando, perdeu a sensibilidade, não late mais, pra ela beber água tenho que por o focinho dela na vasilha. Come bem mas tenho que fazer ela achar a comida na vasilha. Acho que perdeu o ofato e afetou a visão.

Vamos ver se conseguimos reverter o quadro dela.
Se puder dar uma dica, agradeço

Att
Anderson Caetano Reis
anderson.caetano.reis@gmail.com