terça-feira, 28 de outubro de 2008

Diferencial


Quando a gente cai no mercado de trabalho, se depara com a concorrência. É preciso ser diferente. Na minha cidade tem muitos veterinários antigos, alguns vivem em congressos, outros não, e uma galerinha nova está chegando. Eu precisava ser diferente. Eu precisava fazer alguma coisa que ninguém mais fizesse, e também que pudesse auxiliar outros colegas.
Bom, para ser diferente é preciso rebolar porque todo veterinário de pequenos em uma cidade pequena acaba fazendo de tudo... depois de muito pensar e descartar as possibilidades de trabalhar de biquini ou algo mais louco eu cheguei à conclusão que poderia investir em diagnóstico.
Aham,... fui longe, mas pelo menos já sabia alguma coisa.
Pensei então no meu estágio supervisionado, lá na clínica tinha RX e ultra-som, achava tão chique o laudo da ultra... isso já é um começo, achar chique. Agora tinha que achar um bom curso para fazer.
Procurei bastante e encontrei um curso em São Paulo que durava um mês. Seria em julho de 2005 e estávamos em setembro de 2004, liguei pra lá e só tinha uma vaga. AHhh era minha, começando a pagar em setembro seriam em 10 vezes. Ótimo para mim!!!
Liguei pra mamãe, "paga pra mim!!!"
"Alice, você acabou de sair da faculdade, já quer fazer curso?"
"Mãe, você quer que eu pare no tempo?"
"Minha filha, não faz isso."
Mamãe ajudou, e eu dei também um duro danado para fazer o curso.
Onde eu ia ficar? Ficar em SP durante o mês mais frio? Como eu ia pagar minhas despesas lá? Ahhh, isso eu resolvia depois

Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.

• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

3 comentários:

Lylú disse...

tah mto bom e mto engracado, mas eh vc atualiza rapido demais pro meu ritmo.. rs bjsss

Roberta Moura disse...

Não eh a toa q vc eh a melhor no que faz.... eh o grande diferencial.... eh o meu orgulho...eh a minha amiga!!!

Nancy disse...

Na próxima semana, vc vai de biquini pro atendimento do TVT...kkkkkkkkkkkk