segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Horácio



Eu tenho postado lembranças do tempo que eu chamo de PRIMEIRA FASE da minha carreira, quando ainda era um consultório dentro de uma loja. Ainda faltam muitas histórias para chegar nos dias de hoje. Mas quero falar de um assunto atual... Horácio.

Quando eu ainda tinha meu pequeno consultório, chegou para a vacina um boxer muito fofo. Ele era dourado, tinha 45 dias e se chamava Horácio. Ele fez todo o programa de vacinação comigo, voltou para algumas outras consultas de rotina, quando o proprietário me disse que estava doando o animal. Não pensei duas vezes e o peguei para mim.

Na minha casa ele cresceu, ficou muito bonito, todo mundo parava na rua para ver meu cachorro, e ele sempre dócil. Ele vivia com Minerva e Rebeca, outras duas boxers.
Viveu comigo 4 anos, nesse tempo teve 4 ninhadas com Minerva e 3 ninhadas com Rebeca, sem contar outras fêmeas que iam lá para casa só pra namorar com ele.

Há cerca de dois meses ele começou a tossir, há um mês foi diagnosticado um problema cardíaco sério. Entramos com o tratamento, mas ele tem emagrecido cada dia mais, ainda se alimenta, anda lentamente, e acredito que só esteja de pé porque sempre foi muito forte. Ele não está respondendo ao tratamento.

Meu primeiro boxer macho, o Logan, morreu nessa época do consultório. Também sofreu bastante, tinha um problema renal. Foi eutanasiado, e enterrado na beira da praia.

É muito ruim falar do que é nosso.

Há menos de uma semana eu eutanasiei um animal na clínica, uma cadela idosa, prostrada, apática, cega, com uma doença degenerativa em estado terminal. Eu não gosto do procedimento, mas me sinto bem por aliviar o sofrimento. É algo quase que mecânico, não pode ter apego, senão não conseguimos fazer. Quando é algum paciente mais antigo, pedimos para um colega fazer, quando é nosso, pedimos a Deus que leve.

Eu tenho pedido a Deus que leve Horácio, ele está muito fraco, tem sido muito difícil vê-lo assim. Passo horas do lado dele fazendo carinho. Como eu queria que ele melhorasse, como eu queria ser leiga e ainda ter esperança. Muito triste!!

Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.

• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

6 comentários:

Anônimo disse...

Me apaixonei por Horácio a primeira vista...

Lembro que enchi o saco da Pad pra poder tirar uma foto com ele...

Ainda a tenho, não sei como postá-la aqui.

Sinceramente... Quase choro lendo isso...

Estou torcendo para que o melhor seja feito por ele... Beijinhos meu amigo canino, vc vai melhorar!!!

Lua

Jéssica do bem disse...

Não sei o que te dizer...

Acabo de ler e estou chorando...

Tenho 2 cachorros e não queria que isso acontecesse comigo.

Lembra de quando eu fiquei quase louca e o quanto eu te pertubei por um simples machucado que o Bruthus apresentou e você de longe cuidou dele.....

Imagino o que você deve estar passando....

O que nós resta é só pedir à Deus, para que faça o que seja melhor para ele.

Que Deus também te dê força, e te ilumine cada vez mais e mais.

E não perca as esperanças pois para Deus nada é impossível, sei que é dificil de acreditar...

Pois acredite, eu já vivenciei, e ja tive a alegria de ver uma pessoa que estava praticamente nas ultimas, voltar para o lar.

E lembre-se: basta ter fé, para Ele tudo é possível!!!!!!

Jéssica do Bem

-------------

A Força e a Coragem

"É preciso ter força para ser firme,
mas é preciso coragem para ser gentil.

É preciso ter força para se defender,
mas é preciso coragem para baixar a guarda.


É preciso ter força para ganhar uma guerra,
mas é preciso coragem para se render.

É preciso ter força para estar certo,
mas é preciso coragem para ter dúvida.

É preciso ter força para manter-se em forma,
mas é preciso coragem para ficar de pé.

É preciso ter força para sentir a dor de um amigo,
mas é preciso coragem
para sentir as próprias dores.

É preciso ter força para esconder os próprios males,
mas é preciso coragem para demonstrá-los.

É preciso ter força para suportar o abuso,
mas é preciso coragem para faze-lo parar.
É preciso ter força para ficar sozinho,
mas é preciso coragem para pedir apoio.

É preciso ter força para amar,
mas é preciso coragem para ser amado.

É preciso ter força para sobreviver,
mas é preciso coragem para viver.

Se você sente que lhe faltam a força e a coragem,
queira Deus que o mundo possa abraçá-lo hoje
com seu calor e Amor !

... e que o vento possa levar-lhe uma voz
que lhe diz que há um Amigo em algum lugar do Mundo
desejando que você esteja bem ..."
(Silvia Schmidt)

Beijos, e melhoras para o Hrácio!!!!
Jéssica do bem

Alice no País das Maravilhas disse...

Ontem ele comeu um monte de colherada da latinha que ele gosta, da whiskas.
Ganhou vários beijos e carinhos

Arthur Bezerra disse...

Força prima.... Tudo vem pro bem dos que amam a Deus :-) TUDO!

Paula disse...

Querida, força e que Deus leve Horácio sem sofrimentos maiores. Vi a situação dele qdo diagnosticou a doença cardíaca, mas ñ tive mais notícias dele. Tenho penado c minha Ully e, ao ler este trecho do diário, tento imaginar qdo chegar a vez dela... mas ñ é possível! São 14 anos compeltados no último dia 24. Se sou vet hj é pq ela me ensinou a beleza do amor incondicional deles por nós.

Alice no País das Maravilhas disse...

Obrigada pela mensagem Paula, e meninas, tomei uma decisão, Horácio está comendo, começamos um novo diurético, o que eu vou fazer é dar muito amor e carinho até seu último suspiro :)
Obrigada
bjinhos