terça-feira, 28 de outubro de 2008

Ética de um político



Quando começamos a trabalhar na clínica de pequenos animais, vivemos um mundo que envolve animais, clientes, fornecedores e outros veterinários. Precisamos saber nos encaixar, saber tomar boas decisões e antes de tudo, ter ética. A ética e a moral diferencia de pessoa para pessoa mas existem códigos de Ética em cada profissão que precisam ser lembrados.
Todo veterinário já foi vítima e vilão nesse mundo, mas precisamos saber onde queremos ficar.
Esse ano teve uma mesa redonda na Universidade, onde participaram formados de cada ano na veterinária. Entrei em 1998, falamos das dificuldades que cada turma viveu e como encaramos o mercado de trabalho. Uma colega minha, que entrou em 1997 falou que "veterinário tem menos ética que deputado"...
Uma frase chocante, tanto para veterinário quanto para deputados. Mas não vamos generalizar! O que ela quis dizer, e que eu concordo, é que os veterinários não são unidos. Muitos veterinários aproveitam a insatisfação do cliente para falar mal do colega, o que ele não pode se esquecer é que ELE NÃO ESTAVA NO MOMENTO DO EXAME. É muito fácil julgar um tratamento, um diagnóstico, quando não se esteve lá na hora, quando não se sabe das dificuldades que o colega passou. Já passei por muitas situações difíceis do tipo:
"A senhora matou meu cachorro!! Prescreveu um tratamento e em uma emergência eu levei para outro veterinário, quando ele disse que o diagnóstico da senhora estava errado e o tratamento que matou meu cão. E esse veterinário é bom, porque ele soube o que meu cachorro tinha só de olhar e a senhora ficou pedindo exames, e mesmo assim meu cachorro morreu!!!"
Acho que todo veterinário já ouviu isso, faz a gente querer chorar, querer gritar, querer matar o colega. Por que ele fez isso?
Quantas vezes eu recebi um cliente insatisfeito no meu consultório, dizendo horrores de outro veterinário. Quando eu era estudante e isso acontecia, eu falava que a pessoa tinha razão, que o veterinário tinha que se atualizar. Estudante costuma achar que sabe tudo, que tem toda razão. Tenho certeza que dei mais razão para os clientes do que para os colegas nessa época. Talvez se eu tivesse sido chamada atenção eu não teria sido vítima no futuro.
Hoje eu penso duas vezes antes de falar de um colega, a cada dia a gente aprende mais. Se ele fala de mim, quem tem que mudar de atitude é ele.
A classe de médicos é unida, a de veterinários também deveria ser... mas médico fala mal de médico entre eles!!! não importa, não fala com o paciente.
Veterinário deveria se unir também, lembre-se, você nunca sabe quando pode ser contigo!

Mais informações: Código de Ética


Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.



• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

4 comentários:

Anônimo disse...

Concordo plenamente com oq vc escreveu.... aliás, ô classe desunida...
Falar dos outros é fácil, muito fácil...
Quem nunca errou nada?? td mundo erra... o importante é q tentando acertar.. exames são sempre necessários, claro!!!!!
Mas cada pessoa é unica e ninguem pensa igual ao outro.. mas não por issso ela deixa de tar certa, e se estiver ligue pro veterinário e pergunte o pq daquele procedimento.. é muito mais ETICO!!!

Paula disse...

Há pouco tempo soube de um fato ocorrido num hospital daqui onde um médico havia mal tratado uma paciente e esta deu queixa na ouvidoria. Sabe o q aconteceu? Os outros médicos conversaram o aquele mal educado e resolveram fazer um documento explicando q o colega estava muito estressado naquele dia mas q todos pediam desculpas pelo ocorrido.
A questão ñ é errar, pq errar é humano. Médico tb erra, pq é humano. Mas eles ñ destacam os erros uns dos outros, e sim ajudam uns aos outros.
E isto eles ñ aprendem em uma disciplina da faculdade....
ASS: Autora da frase comparativa entre veterinários e deputados rrrsss

Alice no País das Maravilhas disse...

Pois é colegas, a gente passa um aperto, dá um duro danado e ainda tem quem "sambe" em cima da nossa carcaça. Mas uma coisa que eu sempre falo para meus amigos: Seja honesto, se você for honesto, não tem porque as coisas darem erradas.
Paula... andou sumida, comenta mais nega. bjinhos

DryMartini disse...

O pior é você estar começando a trabalhar, recém-formado e trabalhar para um vet macaco-velho que faz umas "sacanagens com os clientes", e mesmo assim, tocar pra frente sua vida, e num outro local esse cara falar mal de você para uma charlatona, que ele nem sabe quem é! só para falar mal de você, e essa charlatona acreditar e fazer um inferno de você sem você perceber, e você perdendo seu tempo com gente desse tipo. precisa tomar muito cuidado, pois realmente, infelizmente, a maioria da nossa área (justamente) não sabe lidar com o próprio ser humano = seu colega de profissão, e aí dá nisso. infelizmente passei por isso! mas não estou nem aí pois sem das minhas competências e só quero gente boa ao meu redor! Abraço!