domingo, 26 de outubro de 2008

Emergências - Parte 1


Quando optamos por atender as emergências, nos permitimos viver experiências únicas. Muitas com final feliz, outras com finais não muito felizes e poucas com finais trágicos.
Chamamos de emergência qualquer evento que exija atendimento imediato e que comprometa a vida, baseado nesse conceito os proprietários ligam para o veterinário e levam seu animal a qualquer hora.
Deus tem piedade dos veterinários e nem toda emergência é de fato uma emergência, mas todas elas dão história para contar.
Elas são frequêntes nas madrugadas e nos feriados.
Certa vez eu fui atender uma emergência no domingo, um poodle de 10 anos que entrou no quintal onde moravam três rottweilers que o detestavam, acontece que os cães não chegaram perto do paciente quando a proprietária com muita destreza agarrou o poodle e o lançou sobre o muro de 5 metros. O pobrezinho mancava.
Já fui atender outro caso em domicílio, em um feriado, de um cão que de repente desenvolveu um tumor na barriga, ainda estava pequeno, disse o proprietário, e o constatou durante o banho semestral do cão. Após o exame físico eu fui obrigada a informar que o tumor se tratava de um peito "benigno", e que eles tinha outros... desde que nasceu.
Outra emergência clássica, é a gata que fica louca de uma hora pra outra, começa a se jogar no chão, gritar de "dor", levantar os membros traseiros assustadoramente. Realmente o cio é triste para algumas fêmeas.
Mas depois de tantos problemas, as emergências divertidas são muito bem vindas.

Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.

• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

4 comentários:

Roberta disse...

Se toda emergência fosse assim...até que seria mto divertido, claro, que olhando pelo lado positivo e esquecendo do tempo, do custo e de toda paciência para lidar com esses "proprietários"...hahahaha

Definitivamente tô amando seu blog.... ele eh genial, ou melhor, vc eh genial.....

Dilce disse...

kkkkkkkkkkk....... o cio realmente é terrível para algumas fêmeas...
estou adorando ler suas historias
bjs

Aline Vachelli disse...

Nossa... atirar o cachorrinho num muro de 5 metros foi muita maldade!!!
rs....
Boa semana!!!
Bjoss

Alice no País das Maravilhas disse...

ahahaha, mas a dona fez bem, era isso ou 3 rottweilers...
mas acabou sendo engraçado, "vou te salvar" fiuuuuuuuuuuuuuuu........BUM!!