terça-feira, 25 de novembro de 2008

Comidas de São Paulo


Passar um mês em São Paulo, longe do marido, de casa, ótima oportunidade para fazer uma dieta e voltar magra. Eu já tinha ganhado uns 10 kg depois do casamento, emagrecer uns 5 kg iria me fazer bem, eu ia voltar mais linda para o Beto. Ledo engano!

"Alice, não se esquece de ir no Mercado Municipal e comer pastel de bacalhau e sanduíche de mortadela!" Isso e "não aceite balas de estranhos" foram as únicas recomendações que eu recebi antes de ir para São Paulo.

Tinha uma padaria próximo à casa que eu estava hospedada na Vila Madalena que tinha os preços meio salgados, e cada doce divino. Sem pensar em subir em uma balança eu pesei algumas coisas como, por exemplo: Quando que eu vou ver qualquer doce parecido como esses na minha vida? Eu tinha que provar de todos, era algo que eu devia a mim, não só à minha razão de viver mas à essência de tudo que eu já comi na vida.

Eu comi um por dia, alguns repetidos. Às vezes estava muito frio para sair de casa mas eu tinha que respeitar a meta que eu firmei.

Um dia eu resolvi almoçar nessa padaria também. Eu escolhia e lá estava o BAURU!!

Eu vi uma vez na televisão que o Bauru feito em São Paulo não tinha nada a ver com o da Bahia, que era pão, queijo, presunto e tomate.

Lá estava eu, aos 25 anos prestes a provar um bauru de verdade pela primeira vez na vida. Eu pedi e fiquei vendo o rapaz preparar. Ele pegou o pão e esquentou na chapa, e eu ansiosa. Depois derreteu uma fatia de queijo e eu prestando muita atenção para aprender. Depois ele colocou no pão, com uma fatia de presunto e uma rodela de tomate. Pronto.
O que???????

Esse foi o bauru mais caro que eu já comi em 25 anos.

O jeito era pegar um metrô para a estação Santa Cruz e comer Mc Donalds no shopping (pouco antes de eu ir embora, descobri um Mc Donalds do lado da casa que eu estava), ou almoçar o dogão da esquina.

Terminou o curso da Vanda e ela foi embora. Eu a acompanhei até a estação Tietê para ela pegar o ônibus, onde eu conheci uma banquinha de biscoitos caseiros fantástica, que me fez retornar ali umas três vezes depois.

De metrô não tinha erro, eu ia para qualquer lugar, mas andar tanto não segurou meu peso. Resultado, em um mês eu ganhei 5 kg... como??????? Só pode ter sido por causa do frio.



Não se esqueça de seguir o blog, por Seguidores ou FEED.

• Diário de uma Veterinária


Bookmark and Share

5 comentários:

Lelê Fagundes disse...

Alice, você está em Sampa ou veio certa vez e está apenas rememorando???
Vc vê...cada blog bacana que a gente encontra sobre pets e animais!

Alice no País das Maravilhas disse...

Oi Lelê... rememorando, em 2005... depois disso já voltei outras vezes para Sampa, mais para cursos ou congressos...
Agora to em casa, em Ilhéus, nessa vida difícil de frente pro mar, eheheh
bjo

BIANCHI disse...

Bauru é a pior comida do mundo, um bifão duro de segunda abraçado num ovo da décima fritada da mesma banha dentro de um pão dormido.

manu disse...

ta vendo Alice...não precisa ir tão longe para comer bauru gostoso, grande e ainda mais com frango. Na lanchonete de Sandro tem. kkk

Butterfly disse...

Diga se o BAURU da cantina nao era melhor??E eu ainda colocava pimenta!!!!Realmente amiga o frio engorda...rsrsrrs
bjsss